As atividades relacionadas ao G20 já começaram! Mas o que é o G20 e o que ele tem a ver com os direitos digitais?


Convidamos você a entender um pouco essas várias siglas e as atividades que já estão acontecendo. OG20 significa o Grupo dos 20, o principal fórum de cooperação econômica internacional que é composto por um bloco de 19  países mais a União Europeia e a União Africana. .

A cada ano, um país-membro do G20 preside o fórum e organiza os eventos sobre a reunião dos países. Em 2024, o Brasil é responsável por liderar as reuniões destes países pela primeira vez. As discussões ocorrem em diferentes trilhas temáticas, representadas por seus respectivos ministros.

Os temas do G20 incluem discussões financeiras, mas também sobre cultura, pesquisa e inovação, sustentabilidade ambiental e climática e inclusive economia digital. Neste último tema, o governo estabeleceu quatro prioridades: inteligência artificial, conectividade significativa, governo digital e integridade da informação.

 Além das trilhas ministeriais, o G20 também tem grupos de engajamento que contribuem com as discussões, como o C20 (Civil Society 20) e o T20 (Think Tanks 20). Mas como isso funciona?

O T20 (Think Tanks 20) é um grupo dentro do G20 que conta com a participação de organizações acadêmicas, institutos de pesquisas e pesquisadores. Em sua força tarefa 5, que lida com transformação digital inclusiva, o T20 possui a co-liderança da AssociaçãoData Privacy Brasil, entidade integrante da Coalizão Direitos na Rede. Além disso, conta com a participação do InternetLab e ITS Rio.

Já o C20 (Civil Society 20) é um grupo que conta com a participação de ativistas da sociedade civil. O Grupo de Trabalho “Digitalização e Tecnologias” tem como co-facilitadoras as organizações IDEC e LAPIN, entidades integrantes da Coalizão Direitos na Rede. Organizações como Coding Rights, AqualtuneLab, Iris-BH, Intervozes e Nupef integram o grupo.

No dia 2/05 foi realizado um evento paralelo do G20 –  “Promovendo a Integridade da Informação” – promovido pelo Grupo de Trabalho de Economia Digital. A atividade contou com a participação de Francisco Brito (InternetLab), que representou a Coalizão Direitos na Rede na mesa “Combatendo a desinformação, o discurso de ódio e as ameaças às instituições públicas online”.

O G20 termina com uma reunião de cúpula, que reúne presidentes e ministros dos países participantes e, neste ano, ocorre em novembro, no Rio de Janeiro. Até lá, os grupos de engajamento contribuirão com os governos para discussões mais inclusivas.

Site T20: https://www.t20brasil.org

Formulário C20 – https://c20brasil.org/wgroups/

O post As atividades relacionadas ao G20 já começaram! Mas o que é o G20 e o que ele tem a ver com os direitos digitais? apareceu primeiro em Coalizão Direitos na Rede.