#CDRNaMídia – O Globo: Regra atualizada pelo TSE e moderação inviável: entenda por que o Google proibiu que políticos impulsionem conteúdo


Confira trecho da matéria em que a CDR é mencionada:

Para Bruna Santos, gerente de campanhas global na Digital Action e integrante da Coalizão Direitos na Rede, o gesto do Google aponta para a incapacidade das plataformas digitais de promover “uma espécie de compliance não só com a norma do TSE, mas com o que elas prometem”

— É um movimento que já vimos com o Twitter anos atrás (de proibir anúncios políticos), para justamente evitar responsabilização, multas ou decisões judiciais contrárias à empresa, por ela não ser capaz de realizar uma moderação de conteúdo efetiva e de maneira célebre como o próprio TSE exige na nova resolução — diz ela.

Leia a matéria completa

O post #CDRNaMídia – O Globo: Regra atualizada pelo TSE e moderação inviável: entenda por que o Google proibiu que políticos impulsionem conteúdo apareceu primeiro em Coalizão Direitos na Rede.